quinta-feira, 23 de julho de 2009

Novela com muitos capítulos

Por - Fábio Sinegaglia

Nem nas melhores fases de suas vidas Janete Clair, Benedito Ruy Barbosa, Carlos Gomes entre outros escreveriam uma novela tão cheia de capítulos, encontros e desencontros, amores e ódios, e fundamentalmente simS e nãoS. Todos esses elementos foram partes fundamentais na trama envolvendo três dos quatro principais times do Estado de São Paulo: Santos, São Paulo e Palmeiras. E os personagens, claro, os seus ex- treinadores e os atuais também. Isso não significa que o ex de um não seja o atual do outro. Portanto os personagens são: Luxa, Muricy, Jorginho, Wagner Mancini e Ricardo Gomes.

Nessa nossa novela claro os atores consagrados são Luxa e Muricy, e por sua vez, os coadjuvantes são Jorginho, Wagner Mancini e Ricardo Gomes. Luxa é consagrado por seu inicio de carreira, no final dos anos 80 e começo dos anos 90, foi o melhor técnico do Brasil, fez o País conhecer o Bragantino, Campeão Paulista de 1989 e tirou o Palmeiras de uma fila de títulos de 16 anos, e logo já lhe presenteou com dois Campeonatos Paulistas e dois Brasileiros, nos anos de 1993 e 1994, mas vive uma fase complicada, já que isso é uma novela, a Sônia Abrão em seu programa interminável que dura a tarde toda diria: “O Luxa perdeu o foco”.

Já o outro astro da drama é o Senhor Muricy, o cara é muito gente boa, tem em seu histórico o tri campeonato brasileiro. E os outros três “treinadores” são iniciantes na profissão. Quanto ao Mancini era uma aposta tampão do Santos que ficou muito tempo, foi muito mal principalmente quanto disputava simultaneamente a Copa do Brasil e o Campeonato Paulista, errou a não saber escolher uma competição em prejuízo de outra e quando acordou já estava fora das duas. Já o Ricardo Gomes tem que se reajustar com o futebol nacional, pois desde 2004 quando treinou o Fluminense e o Flamengo não estava no futebol brasileiro.

E fundamentalmente não apresentou ainda como treinador nenhum grande trabalho que fizesse o torcedor dizer “ Nooooooooooossa como é bom esse cara” muito pelo contrário tem que trabalhar muito para isso acontecer. E quanto ao Jorginho o Palmeiras em outras palavras disse: “Ele é bom mas para mim não serve!”, portanto voltará para onde estava. Mas é inegável apesar da derrota para o Goiás, por 2 a 1, fez um ótimo trabalho no Palmeiras e deixa o time na segunda posição no Campeonato.

Claro que como toda a novela ao terminar deixa comentários, esse deveria “ficar” com aquele, o autor errou. Ou ainda, eu assisti a novela inteira e o final foi muito chato. Claro que essa novela continua, Santos, Palmeiras e São Paulo começam um novo trabalho, acho que nesta troca toda quem se deu melhor foi o Palmeiras, até porque trocou um ator principal “sem foco” por um ator principal “com muito foco”.

Mas o jeito é esperar essa novela é diferente, ela tem características próprias em relação à cabeça do ator, ela é escrita pela bola, e o que a bola escreve é sempre sujeito a mudanças de percurso. A bola é sábia ou autores nem tanto. A com certeza a bola escreverá novos capítulos.

Um comentário:

  1. Concordo com isso .. Vamos ver a continuação da novela né kkkkkkkkk

    ResponderExcluir